SEARCH
Your address will show here 12 34 56 78
Locais
A fase de votações do Prêmio Arquiteto e Urbanista do Ano Saergs 2020 está na reta final. O sistema receberá votos até a próxima sexta-feira (20/11). Nesta edição, arquitetos e urbanistas gaúchos concorrem nas categorias Setor Público, Setor Privado, Jovem Arquiteto, Assistência Técnica de Habitação de Interesse Social (Athis) e Homenagem Póstuma (confira a lista abaixo). Estão aptos a votar todos os arquitetos e urbanistas residentes no Rio Grande do Sul, que deverão se identificar no sistema de votações pelo link. Os nomes dos premiados serão divulgados na próxima segunda-feira (23/11). Já a cerimônia de entrega do prêmio está marcada para o dia 26 de novembro, em Porto Alegre. A ideia é realizar a premiação na sede do Saergs em evento restrito e organizado, com horários escalonados, para evitar aglomerações. O Prêmio Arquiteto e Urbanista do Ano foi criado em 2001 para reconhecer a trajetória de profissionais do Rio Grande do Sul e envolver os mesmos na escolha dos nomes que consideram mais representativos. A láurea leva em consideração a relevância do trabalho, caracterizado pelo impacto de realizações nas áreas científica, política, social e tecnológica, com alcance social e humano, através de ações, projetos ou obras inovadoras que beneficiem a comunidade brasileira. O prêmio conta com o patrocínio do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do RS (CAU/RS) e apoio de Federação Nacional de Arquitetos e Urbanistas (FNA), Institutos de Arquitetos do Brasil Departamento do Rio Grande do Sul (IAB/RS), Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura (AsBEA), Associação de Arquitetos de Interiores do RS (AAI/RS) e Federação Nacional de Estudantes de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (FeNEA). Confira abaixo os indicados: SETOR PÚBLICO – Maria Tereza Fortini Albano Arquiteta, mestre em planejamento urbano e regional, especialista em Desenho Urbano e em Planejamento Urbano, trabalhou praticamente durante 35 anos no setor público, especialmente na antiga Secretaria Municipal do Planejamento de Porto Alegre onde permaneceu até 2012. Entre esta data e 2014, foi técnica da Secretaria Municipal de Urbanismo, onde se aposentou da atividade pública, passando a ter uma atuação mais voltada para a diversidade das questões urbanas, dentro e fora de entidades como o Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento do Rio Grande do Sul, onde foi vice presidente na gestão 2017-2019 e coordenadora da Comissão Cidades por sete anos. Na prefeitura, integrou a coordenação técnica da equipe que construiu a proposta aprovada em 1999 do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano Ambiental – o PDDUA de Porto Alegre. – Andréa dos Santos Ex-presidente do Saergs, é graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Ufpel. Atua profissionalmente com foco em planejamento urbano e territorial, habitação de interesse social, regularização fundiária e estudos e análises de impactos ambientais e de vizinhança, através de ações de gestão, coordenação, supervisão e assessoria técnica no poder público, movimentos sociais e comunidades. Proferiu várias palestras e tem publicações de artigos em livros e revistas de temas relacionados a área do urbanismo, ATHIS e processos participativos. Experiência docente nos cursos de Arquitetura e Urbanismo, Gestão Imobiliária e Gestão Pública, na UCS e UPF. Atualmente, atua na Prefeitura Municipal de Rio Grande, no cargo de Superintendente de Regularização Fundiária. SETOR PRIVADO – Nino Roberto Schleder Machado Professor fundador da UPF e fundador do curso de Arquitetura e Urbanismo da UPF. Está à frente do escritório NR Arquitetos há 48 anos. Em Passo Fundo foi responsável por traçados urbanísticos na Avenida Brasil, na Rua Moron, na Avenida General Netto, na Praça Menegaz e na Praça do Teixeirinha. Na Arquitetura Institucional, projetou o Fórum de Passo Fundo; Biblioteca do SESI; Biblioteca Central da UPF; Faculdade de Odontologia UPF; Pórtico da UPF; Instituto de Anatomia UPF, entre outras. No setor empresarial, conta com projetos e obras como o Centro Administrativo da Grazziotin S.A.; GZT; Hotéis Itatiaia, Hotéis Bertaso, Mogano Premium e Mogano Business em Chapecó. Hoje, ainda à frente do escritório próprio, atua na área de projetos hospitalares. – Rafael Artico Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2000). MBA em Gestão de Negócios Imobiliários e da Construção Civil pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) (2011). Atua como docente de Projeto Arquitetônico no curso de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário Ritter dos Reis (Uniritter). É Sócio Diretor do escritório UMA Arquitetos, fundado em 2001, que atua em diversos segmentos da arquitetura e engenharia, através do desenvolvimento de projetos e da execução de obras. – Andreoni da Silva Prudencio Arquiteto e Urbanista, formado pela Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) em 1997. É arquiteto e urbanista e diretor de criação do Studio Prudêncio, escritório com ênfase em arquitetura autoral e desenvolvimento de projetos na plataforma BIM, que consiste na modelagem da informação da construção, permitindo criar plantas de construção inteligentes, inaugurado em 2008. Atuou como docente no período de 2000 a 2002, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. JOVEM ARQUITETO – Equipe da Reurbanização do Centro de Conde/PB: Camila Bellaver Alberti, Jean Michel Fortes dos Santos, Mariana Mocellin Mincarone, Douglas Silveira Martini Camila Bellaver Alberti, Jean Michel Fortes dos Santos, Mariana Mocellin Mincarone formaram-se em Arquitetura e Urbanismo pela UFRGS em agosto de 2018, e, em novembro do mesmo ano, juntamente com Douglas Silveira Martini (então graduando da mesma instituição), elaboraram o projeto que venceu o concurso público nacional de Arquitetura e Urbanismo organizado pela Prefeitura Municipal de Conde para a Requalificação do Centro de Conde/PB. A equipe foi contratada para desenvolver os projetos executivos de urbanismo, paisagismo, infraestrutura urbana, arquitetura e complementares. Foi a primeira experiência profissional do grupo recém egresso da Universidade. Durante o ano de 2020, a obra encontra-se em fase final de execução. – Natan Franciel Arend Arquiteto e Urbanista graduado pela Pucrs, realizou período sanduíche com bolsa de estudos do Programa Ciências sem Fronteiras. Mestre em Planejamento Urbano e Regional como bolsista CAPES no Programa de Pós-Graduação em Planejamento Urbano e Regional na Ufrgs. Atualmente ocupa a posição de Vice Presidente do Instituto de Arquitetos do Brasil – Núcleo Rio Grande do Sul. Faz parte do grupo Urbanistas Contra o Corona, que se articulou a nível nacional e regional. O reconhecimento deve ser ao trabalho coletivo, mas Natan teve um papel destacado na articulação do grupo no estado do RS, bem como na construção do “Fórum Urbanismo Contra o Corona nas Comunidades e Movimentos Sociais do Rio Grande do Sul” e da “Carta Popular por cidades para todas e todos”. HOMENAGEM PÓSTUMA – Militão Ricardo Natural de Bagé, Militão formou-se em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), em 1957. Foi um dos pioneiros em questões relacionadas ao urbanismo e conservação ambiental, tanto no Estado quanto no Brasil. Militão lecionou na Faculdade de Arquitetura da UFRGS. Radicou-se em Brasília na década de 1970. Antes, atuou no IAB na gestão 1966/67, e fez parte da gestão fundadora da Associação dos Profissionais Arquitetos de Porto Alegre, precursora do Sindicato dos Arquitetos no RS (SAERGS). Faleceu em setembro de 2020. ATHIS – Terezinha de Oliveira Buchebuan Doutoranda no Programa de Pós-graduação em Planejamento Urbano e Regional na Universidade Federal do Rio Grande do Sul – PROPUR/UFRGS, na linha de pesquisa Planejamento e Espaço Urbano e Regional. Mestrado em Letras, Cultura e Regionalidade pela Universidade de Caxias do Sul (2010). Graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de Caxias do Sul (2005). Atualmente é Professor Mestre Assistente II da Universidade de Caxias do Sul. Experiência na área de Arquitetura e Urbanismo atuando principalmente nos seguintes temas: Evolução Urbana, Assistência Técnica para Habitação de Interesse Social, Projetos Comunitários Participativos, Patrimônio Cultural. Coordena o escritório modelo Taliesem, da UCS. – Cristina Rozisky Mestre em Memória Social e Patrimônio Cultural. Graduada em Arquitetura e Urbanismo. Atua como profissional liberal desde 1997, trabalhando com consultorias; desenvolvimento de projetos arquitetônicos. É uma das idealizadoras do escritório Eficiobra que desenvolve projetos na área de assistência técnica na cidade de Pelotas, e tem colocado em prática muitos dos objetivos da assistência técnica de habitação de interesse social, a partir da iniciativa privada. Após estudar e se articular nas redes que tratam sobre o tema em nível nacional, a arquiteta estruturou um escritório que trabalha com reformas de melhorias habitacionais com o objetivo de atender os problemas de salubridade nas habitações da população de baixa renda de Pelotas.
0