Locais

Câmara de Vereadores de POA vota agora reforma administrativa do Governo Municipal que pode extinguir 14 secretarias

Sessão Extraordinária A votação do projeto de lei que trata da reforma administrativa do Governo Municipal, proposta pelo prefeito eleito Nelson Marchezan Jr (PSDB) e enviada por José Fortunati (PDT) para a Câmara Municipal de Porto Alegre, será nesta quarta-feira (21/12), a partir das 14h, no Plenário Otávio Rocha. A justificativa da reforma administrativo do prefeito eleito Marchezan está em consonância com o discurso da campanha, entretanto, entra em contradição, pois na referida reforma administrativa não há previsão de redução de cargos comissionados (CCs). Além de atingir secretarias que exercem papeis importantes como a Secretaria dos Direitos Humanos, que desenvolve políticas importantes de inclusão e de combate à discriminação por gênero, por raça e orientação sexual. Assim como a Secretaria de Esporte e Lazer, que promove atividades lúdicas e esportivas para o desenvolvimento das pessoas. A Secretaria Minicipal do Meio Ambiente (SMAM), que foi a primeira Secretaria de Meio Ambiente do país, e que agora completa 40 anos,  prioriza a proteção ambiental através das ações de educação, fiscalização e licenciamento ambiental. As reformas previstas, com seu discurso tecnicista de formação das secretarias, aponta para um futuro governo burocrático sem preocupação com o meio ambiente, com os direitos humanos e com o bem-estar social da população.   Foto: Josiele Silva/CMPA