Locais

SAERGS repudia postura da CEEE mediante negociação de acordo coletivo

downloadNesta semana, a CEEE encaminhou um ofício ao SAERGS com uma série de propostas para o acordo coletivo 2017, que implicam em perdas de direitos adquiridos pelos seus funcionários. O Sindicato reforça que o acordo coletivo envolve ambas as partes, e o que a CEEE está fazendo é uma proposta unilateral, sem nenhum acordo ou negociação. No ofício recebido, constam, mais uma vez, em nome do “equilíbrio econômico-financeiro do Grupo CEEE”, entre outras desvantagens, a perda de gratificação da farmácia, a não renovação da ajuda de custo aos funcionários e a alteração do critério de cálculo para incorporação da função gratificada. O SAERGS ressalta que não é desta forma que se viabiliza um acordo coletivo, principalmente, depois dos funcionários terem aberto mão de alguns direitos adquiridos em anos anteriores. O Sindicato dos Arquitetos participa do acordo coletivo da CEEE ao lado de demais entidades sindicais, como sindicatos de jornalistas, eletricitários, engenheiros, administrativos e dos Servidores Públicos. A posição de todos é contrária à proposta apresentada.