SEARCH
Your address will show here 12 34 56 78

O projeto IAB/Urban 95 que é fruto de uma cooperação técnica entre a Fundação holandesa Bernard van Leer e o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) terá sua segunda etapa com ações realizadas até 2024 nas cidades de Aracaju (SE), Sobral (CE) e Teresina (PI). O objetivo é assessorar os municípios na elaboração de políticas públicas e executar projetos de intervenção físico territorial voltadas ao bem-estar e qualidade de vida das crianças de 0 a 6 anos, facilitando o desenvolvimento de Bairros Amigáveis à Primeira Infância (BAPI).

Para isso, a rede de colaboradores do IAB presta Assistência Técnica em Arquitetura e Urbanismo e desenvolve ações para apoiar os municípios na elaboração de diagnósticos locais sobre a experiência e o acesso do público infantil e seus cuidadores aos espaços urbanos, disponibilizando dados para embasar a construção de políticas públicas mais assertivas. Também está na pauta a capacitação de gestores públicos e técnicos, que recebem apoio para desenvolverem soluções que contribuem para o desenvolvimento integral das crianças a partir da experiência das cidades, identificando e atuando nos territórios onde os bebês e suas famílias estão, em especial aqueles mais vulneráveis.

“É preciso uma cidade inteira para educar uma criança. Uma cidade boa para as crianças será boa para todas as pessoas”, destaca Maria Elisa Baptista, presidente do IAB. Ela acredita que as intervenções propostas pelo projeto IAB/Urban 95 promovem uma mudança de comportamento e um olhar mais gentil, ao ampliar os encontros e a vida coletiva. Melhoram o acesso e o uso dos serviços de que crianças, pais e cuidadores precisam, reduzindo ainda o estresse e despertando a curiosidade e a alegria.

Seleção das cidades
A seleção das cidades participantes na segunda etapa ocorreu a partir da indicação da Fundação Bernard van Leer, que já possui outras ações em curso nesses municípios. A parceria IAB/Urban95 começou em 2020 e contou inicialmente com a participação do município de Aracaju.

TERESINA
Na capital do Piauí a prefeitura do município entra no contexto de ajudar a fundamentar o projeto IAB/Urban 95 na cidade e disponibilizar ajuda no processo projetual através da Secretaria Municipal de Planejamento. A equipe ainda está contando com a metodologia elaborada pelo Laboratório Urbano de Paisagem (LUPA) da Universidade Federal do Piauí (UFPI). A coordenação local do projeto é da arquiteta e urbanista Ileana Ferraz.

ARACAJU
A ideia da segunda etapa é aplicar no território aracajuano algumas propostas presentes no “Caderno de Ferramentas: Soluções de Primeira Infância em espaços públicos e modos ativos de deslocamento em Aracaju”, buscando o engajamento da comunidade. Em 2020, a equipe técnica do IAB envolveu os profissionais do poder público no envolvimento com a agenda da Primeira Infância na cidade. O município contou com consultoria em diversas ações previstas no seu planejamento, oferecida pela Urban95, em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Dentre as ações está o desenvolvimento de projetos de seis praças nos bairros Santa Maria e 17 de Março. O projeto executivo foi finalizado e entregue, para que a prefeitura concretize a implantação desses espaços pensados para a primeira infância. A coordenação local em Aracaju é da arquiteta e urbanista Flávia Saldanha.

SOBRAL
No município de Sobral, no Ceará, a equipe do IAB conta com apoio dos servidores da Secretaria de Urbanismo, Habitação e Meio Ambiente. A primeira ação foi realizada em 18 de Agosto, para conhecimento do bairro Sumaré, território prioritário onde estão sendo trabalhadas questões voltadas à primeira infância e intervenções urbanas. O roteiro da visita técnica incluiu praças, escolas, comércio e igreja do bairro Sumaré. A coordenação local do projeto é da arquiteta e urbanista Izabela Lima.

Sobre a Fundação Bernard Van Leer
A fundação privada holandesa busca desenvolver e compartilhar o conhecimento de experiências que funcionam no desenvolvimento da Primeira Infância. Ela fornece apoio financeiro e expertise para parceiros de governos, sociedade civil e privada para ajudar no teste e ampliação de serviços que efetivamente melhorem a vida de crianças pequenas e suas famílias. Nos últimos 50 anos, trabalhou em todas as regiões do mundo e firmou parcerias em mais de 25 países, levando a inovações na prestação de serviços e treinamento, amplamente adotados por governos e organizações sem fins lucrativos, sobre como incrementar a saúde, nutrição e educação de crianças pequenas.

A Urban95 é uma iniciativa global da Fundação Bernard van Leer e busca incluir a perspectiva de bebês, crianças pequenas e cuidadores no planejamento urbano, nas estratégias de mobilidade e nos programas e serviços oferecidos nas cidades. Por isso, considera a experiência de uma criança de três anos de idade que, em média, tem até 95cm de altura.

As intervenções estão organizadas em quatro eixos estruturantes. O primeiro é a tomada de decisões com base em dados, usados para melhorar a alocação de recursos e facilitar a coordenação entre os diferentes setores. O segundo eixo tem foco na transformação dos espaços físicos existentes em lugares onde as crianças pequenas brinquem sem perigo e explorem a natureza, e para que seus cuidadores se encontrem e descansem.

A mobilidade para as famílias é o terceiro eixo do projeto, para que cuidadores e crianças pequenas possam caminhar ou andar de bicicleta até serviços de saúde e creches, assim como a lugares onde seja possível brincar sem perigo, e a encontrar fontes de alimentação saudável. Já o quarto eixo tem foco na utilização de serviços, ou seja, visa apoiar programas e políticas que informem os pais e cuidadores sobre o desenvolvimento da primeira infância e compartilhem estratégias e boas práticas para o desenvolvimento infantil.

Foto: Fundação Bernard van Leer

The post IAB lança 2ª etapa do Projeto Urban95 em três cidades do nordeste appeared first on FNA.

0

O Instituto Lula, em parceria com o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB/DN), promove o Concurso Nacional de Ideias Outros Futuros são Possíveis: “Territórios e Cidades Democráticas”. O edital premiará cinco projetos, planos, ensaios e estudos propositivos representativos acerca do tema e que promovam soluções para conflitos sociais, inovação em soluções de habitação social e a conversação e valorização do patrimônio cultural. Cada vencedores receberá R$ 2,5 mil para aplicar suas ideias. As inscrições vão até o dia 14 de outubro e devem ser realizadas através deste formulário. A iniciativa ainda conta com o apoio da Federação Nacional dos Arquitetos e Urbanistas (FNA), do BrCidades, da Federação Nacional dos Estudantes de Arquitetura e Urbanismo (FeNEA) e da Federação Nacional de Estudantes de Direito (Fened).

De acordo com o edital, a ideia do concurso partiu das transformações em curso nas sociedades urbano industriais que têm gerado impactos significativos no modo de vida das cidades. “Sejam pequenas, médias, grandes cidades ou regiões metropolitanas, a distribuição dos serviços públicos, a valorização dos espaços, os deslocamentos são questões que interferem na vida e nas escolhas sociais dos indivíduos. Não é mais possível pensar nas cidades ou na moradia desconectadas de aspectos ambientais, étnicos, gênero, trabalho, mobilidade, o acesso à terra, e aos serviços públicos fundamentais à vida”. O objetivo é, através dos novos desafios que surgem diariamente, pensar os mesmos como oportunidades para novos horizontes.

Confira o edital completo aqui
Formulário de inscrição

The post Instituto Lula e IAB/DN lançam edital sobre cidades democráticas appeared first on FNA.

0