SEARCH
Your address will show here 12 34 56 78

As portas das universidades estão se abrindo e o projeto de fomento aos Softwares Livres para Arquitetura e Engenharia, o Solare, abre uma nova frente a partir deste mês de setembro. A Federação Nacional dos Estudantes de Arquitetura e Urbanismo (FeNEA) agora faz parte do grupo de entidades envolvidas na expansão e disseminação dos cursos trazendo a ideia de monitoria para dentro do projeto.

De acordo com um dos diretores-gerais da FeNEA Luccas Brito, a ideia é “desenvolver uma sistemática para o Solare que permita, não apenas os estudantes acompanharem os cursos, mas que eles possam se capacitar e participar de um programa de troca de conhecimento com outros alunos e profissionais”. Muito comum nas disciplinas mais práticas do curso de arquitetura, Brito afirma que a existência de monitores, e o contato dos mesmos com os centros acadêmicos e os escritórios-modelo nas universidades, podem ser a porta de entrada para a expansão dos softwares livres.

O secretário de Organização e Formação Sindical da Federação Nacional dos Arquitetos e Urbanistas (FNA) e coordenador do Solare, Danilo Matoso, explica que os estudantes serão treinados e acompanhados pelos professores do Solare, pela FNA e pela FeNEA. “Precisamos plantar essa semente no ambiente acadêmico para que ela reflita no mercado profissional do futuro. Mostrar aos estudantes a funcionalidade dos programas e a importância de uma rede colaborativa é também um dos primeiros passos para democratizar o acesso às ferramentas de trabalho, para mudar a maneira de trabalhar dos profissionais”. A ação visa ainda reforçar a toda a comunidade acadêmica que os softwares de código aberto são também uma frente de pesquisa e desenvolvimento tecnológico. O plano de credenciamento dos interessados deve ser aberto durante o 46º Encontro Nacional de Sindicatos de Arquitetos e Urbanistas (ENSA) da FNA, que acontece de 24 a 27 de novembro, em Brasília (DF).

A expectativa ainda é levar essa parceria adiante, através de oficinas locais e uma participação do Solare durante o Encontro Nacional de Estudantes de Arquitetura e Urbanismo (Enea), em março de 2023. O projeto é uma iniciativa da FNA, que hoje já vem promovendo cursos online a partir de uma parceria com o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio Grande do Sul (CAU/RS). É possível acompanhar os cursos e novidades através do site solare.org.br e do canal do YouTube.

The post FeNEA integra o Solare com projeto de monitoria para estudantes appeared first on FNA.

0