SEARCH
Your address will show here 12 34 56 78
Locais
Qual é o mercado de trabalho que os futuros arquitetos e urbanistas querem encontrar ao sair da universidade? Essa é a questão central que norteará os debates do Webinar de encerramento do Fórum Saergs no Mundo do Trabalho, que ocorre neste sábado (28/11), às 14h, em reunião pelo Google Meets. As inscrições para o evento são gratuitas e já podem ser realizadas pelo link https://forms.gle/4kHa27NX6fDNuxcx9 até sexta-feira (27/11).

O intuito do evento, afirma o presidente do Saergs, Evandro Babu Medeiros, é reunir estudantes, centros acadêmicos e representantes de entidades da Arquitetura e Urbanismo para conversar sobre a profissão e os rumos que podem se traçados coletivamente por quem está iniciando sua carreira. “Durante todo o Fórum, falamos sobre a importância do coletivo no processo de melhorar nossa profissão. Não conseguimos, nem devemos tentar sozinhos. É com o apoio dos colegas e de entidades como o Saergs que conseguimos chegar mais longe”, pontua.

Profissionais que fazem parte do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do RS (CAU/RS), que patrocina o Fórum, da Federação Nacional dos Arquitetos e Urbanistas (FNA), da Federação Nacional dos Estudantes de Arquitetura e Urbanismo (FeNEA), Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura (AsBEA-RS) e do Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB), entidades apoiadoras do evento, também devem foram convidados.
0

Locais
Foi em uma noite de emoção, reencontro e cuidados extremos com o controle da Covid-19 que a diretoria do Sindicato dos Arquitetos no Estado do RS (Saergs) recebeu, em sua sede, os agraciados com o Prêmio Arquiteto do Ano 2020. Com entregas escalonadas, que começaram às 19h e seguiram ao longo da noite, os profissionais manifestaram a importância da premiação como estímulo para manter a luta por cidades mais justas, inclusivas e democráticas. “É uma honra estar promovendo esse prêmio porque contempla pessoas que levam a arquitetura muito além de suas fronteiras”, disse o presidente do Saergs, Evandro Babu Medeiros, ao lado dos colegas de diretoria Rodrigo Barieri, Karla Moroso, Gláucia Oliveira e Andre Huyer.

Primeira a receber a honraria, a arquiteta e urbanista Terezinha de Oliveira Buchebuan disse que ficou surpresa pela indicação na categoria Athis. “São momentos que fazer a gente parar para pensar na trajetória e na importância desse trabalho que é coletivo”, pontuou. Citando os ensinamentos de Eduardo Galeano que garante que a “a utopia está lá no horizonte” e que, por mais que se caminhe, jamais se a alcançará, lembrou que é preciso não deixar de caminhar. Emocionada, a professora da UCS recordou do início da carreira, um momento cheio de incertezas e desafios. “Com o prêmio do Saergs, recebi homenagens e mensagens de pessoas que não esperava. A gente sempre se questiona se está fazendo a diferença. Essa premiação me permitiu parar, olhar e pensar para tudo o que eu já fiz. E me trouxe mais gás para outro tanto de caminhada”.

Convicta de que há muita luta pela frente, a arquiteta e urbanista Maria Tereza Fortini Albano, agraciada na categoria Setor Público, agradeceu a homenagem e estendeu o mérito a todos os colegas que estão dentro das prefeituras enfrentando os desafios do dia a dia. “Eu passei por ditadura, autoritarismo, democratização, vi coisas maravilhosas e agora estou vendo este desmonte. Esse prêmio traz a valorização para uma pessoa que ficou dentro de uma prefeitura e ainda está lutando aqui fora”, ponderou a arquiteta aposentada, que dedicou a vida ao trabalho na Prefeitura Municipal de Porto Alegre.

A noite também foi de homenagem a jovens que são o futuro da profissão. Mariana Mocellin Mincarone e Jean Michel Fortes dos Santos representaram a equipe que atuou na reurbanização do Centro de Conde, na Paraíba. O time, que também conta com Camila Bellaver Alberti e Douglas Silveira Martini, venceu o prêmio na categoria Jovem Arquiteto. “É uma grande honra termos sido indicados, ainda mais ao lado do Natan, da Rede Urbanismo Contra o Corona. A gente gostaria de aproveitar para parabenizar o Saergs pela iniciativa”, disse Mariana. Jean reforçou o agradecimento, lembrando do papel relevante de instituições da categoria que incentivam os concursos públicos. Iniciativas que, segundo ele, são a melhor forma de contratação de projetos visando a construção de cidades melhores para se viver.

A noite foi de emoção também com a homenagem póstuma feita ao arquiteto Militão de Morais Ricardo. Recebida pelo seu filho, o jornalista Militão Maia Ricardo, ela coroa a carreira do pai, um dos pioneiros em questões relacionadas ao urbanismo e conservação ambiental no Rio Grande do Sul e no Brasil. “Acho esse reconhecimento muito importante porque vem dos colegas arquitetos. Ele sempre foi um cara idealista e que se dedicou muito ao trabalho. Sempre foi muito preocupado com as pessoas que seriam as beneficiárias dos projetos de planejamento urbano e ambiental. Estamos muito sensibilizados e felizes”, disse em nome da família.

Na categoria Setor Privado, o prêmio Arquiteto e Urbanista do Ano foi concedido a Nino Roberto Schleder Machado, que não pode comparecer à cerimônia. O troféu será entregue em momento futuro.

Novo Troféu
Neste ano, o Prêmio Arquiteto e Urbanista do Ano recebeu uma nova simbologia. O antigo troféu foi substituído por obra do artista Martin Suffert. Inspirada no logotipo do Saergs – desenhado pelo arquiteto Cláudio Fisher em 1975 – , a peça é uma representação em 3D e foi idealizada pelo arquiteto e urbanista e diretor do Saergs Andre Huyer. “O logo do sindicato pode parecer um desenho infantil de uma casinha, mas é genial porque é uma figura cubista. Fizemos alguns estudos e transformamos em uma obra em três dimensões”, relatou.

A diretoria do SAERGS se sente honrada em poder contribuir com a visibilidade de profissionais que inspiram e qualificam a produção de arquitetura e urbanismo no RS.

O prêmio conta com o patrocínio do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do RS (CAU/RS) e apoio de Federação Nacional de Arquitetos e Urbanistas (FNA), Institutos de Arquitetos do Brasil Departamento do Rio Grande do Sul (IAB/RS), Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura (AsBEA), Associação de Arquitetos de Interiores do RS (AAI/RS) e Federação Nacional de Estudantes de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (FeNEA).

Na foto: Tereza Albano
Crédito: Carolina Jardine
0