Nacionais, Sem categoria

Ataque orquestrado a Brasília é ação sem precedentes contra o patrimônio e o povo brasileiro

O Brasil sofreu, neste domingo (8/01), um ataque fascista e orquestrado a Brasília (DF) que resultou na ocupação e depredação de símbolos de sua estrutura tripartite de poder. Mais do que um ato contra o Congresso Nacional, o Palácio do Planalto e o Supremo Tribunal Federal (STF), prédios públicos que são símbolo da nação e têm valor histórico e arquitetônico inestimável, a depredação é uma ofensiva contra a República. O episódio, sem precedentes na história recente do Brasil, escancara a vertente fascista que liderou o país nos últimos quatro anos e segue assombrando-o em um movimento financiado por lideranças que usaram – e querem seguir usando – o poder para interesses de grupos específicos.  

A Federação Nacional do Arquitetos e Urbanistas  (FNA) e seus sindicatos filiados manifestam repúdio aos atos ocorridos neste domingo e exigem punição a todos os envolvidos, sejam eles participantes, financiadores ou agentes públicos que prevaricaram em suas responsabilidades.

A FNA entende que manifestações populares e motivadas por pautas fundamentadas nos direitos humanos fazem parte do estado democrático. Contudo, movimentos autoritários e ataques violentos como os vividos na Capital Federal são sinônimo de uma ofensiva fascista contra todos os cidadãos brasileiros. 

Fundadora da CUT, a FNA está ao lado dos eleitores, trabalhadores, movimentos sociais e do governo federal na luta pelo estabelecimento de um país democrático e voltado ao interesse do povo. Uma gestão que seja focada em cidades inclusivas, cujos espaços públicos sejam direito de todos, mas também respeitados por todos.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

The post Ataque orquestrado a Brasília é ação sem precedentes contra o patrimônio e o povo brasileiro appeared first on FNA.